O imiquimod, novo tratamento para lesões de HPV

O imiquimod, novo tratamento na forma de sachês em gel para tratamento de lesões de HPV.

Ele atua nestes parâmetros da imunidade :interferon alfa (IFNa), fator de necrose tumoral alfa (TNFa),interleuquinas 1, 6 e 12,quimioquinas como la Il-8,a proteína inflamatória macrofágica (MIP)-1 alfa e beta,a proteína quimiotática de macrófagos (MCP)-1 ,o fator estimulante de colônias de granulócitos e macrófagos (GM- CSF).

Papilomavírus humano em homens – “triar ou não triar”

A infecção pelo Papilomavírus humano (HPV) está associada principalmente ao desenvolvimento de lesões benignas e malignas da área ano-genital masculina e feminina.

Entretanto, esta infecção pode ter uma localização extra-genital como olhos, laringe e trato aero-digestivo.

Este vírus causa cerca de 500.000 casos de câncer do colo uterino anual no mundo e cerca de 20.000 no Brasil. Apesar desta doença ser prevenível com o exame de colpocitologia
oncótica, os programas de rastreamento, diagnóstico e tratamento das lesões pré-cancerosas em nosso meio são muito deficientes.

A maioria das doenças HPV relacionadas são atribuídas aos HPV tipos 6, 11, 16 e 18.

Os do tipo 6 e 11 são responsáveis por mais de 90% dos casos de verrugas ano-genitais em grau, 50% das de alto grau, 70% dos casos de carcinoma epidermóide e 90% dos adenocarcinomas de colo uterino e ainda, 70% dos outros carcinomas genitais na mulher e 90% dos casos de carcinoma anal.

Leia mais PDF: Human papillomavirus in men

SUS já vacinou mais de 50% de meninas contra HPV

Mais de 2,4 milhões de meninas já foram vacinadas contra HPV em todo o país, nas três primeiras semanas da campanha, segundo balanço divulgado nesta segunda-feira (31/03) pelo Ministério da Saúde. O número representa 58% da meta do Ministério da Saúde, que é vacinar 80% do público-alvo, o equivalente a 4,1 milhões de meninas na faixa etária de 11 a 13 anos.
Leia mais…..

HPV pelo Ministério da Saúde

O que é Condiloma acuminado?

O condiloma acuminado, conhecido também como verruga genital, crista de galo, figueira ou cavalo de crista, é uma DST causada pelo Papilomavírus humano (HPV). Atualmente, existem mais de 100 tipos de HPV – alguns deles podendo causar câncer, principalmente no colo do útero e no ânus. Entretanto, a infecção pelo HPV é muito comum e nem sempre resulta em câncer. O exame de prevenção do câncer ginecológico, o Papanicolau, pode detectar alterações precoces no colo do útero e deve ser feito de rotina por todas as mulheres.

Não se conhece o tempo em que o HPV pode permanecer sem sintomas e quais são os fatores responsáveis pelo desenvolvimento de lesões. Por esse motivo, é recomendável procurar serviços de saúde para consultas periodicamente.

Reduz também o risco de perisitência de vírus de alto grau oncogênico. Foi utilizado PCR para detecção de DNA de HPV em raspado de glande. Trabalho excelente e original feito no Kenya. J. Infect. Dis 2014 Sep 26;[EPub Ahead of pront]

Leia mais…..