Livro: HPV na Prática Clínica

Introdução


HPV LivroJuntamente com profissionais extremamente qualificados no estudo do HPV na Prática Clínica nas diversas áreas da medicina e da ciência básica, publiquei um livro- HPV na Prática Clínica, ganhador do 48° Prêmio Jabuti em 2006.

Este livro tem por objetivo oferecer de forma prática e didática informações atuais nas áreas relacionadas ao HPV. Ë composto de 19 capítulos, através de um texto de fácil leitura, com figuras ilustrativas servindo de orientação tantos aos pacientes bem como ao aperfeiçoamento do especialista em sua HPV na prática clínica diária.

1 – Epidemiologia do HPV


Gerson Botacini das Dores
As verrugas genitais estão descritas na literatura há muito tempo, porém somente com Papanicolaou em 1933 foi descrito as alterações celulares pelo HPV no epitélio vaginal. Já nos homens quando o HPV encontra-se relacionado ao câncer de pênis, esta por sua vez, constitui neoplasia rara em países desenvolvidos, contrariamente ao que ocorre em regiões de baixo padrão socioeconômico, sendo sua prevalência maior na sexta década de vida.

Leia mais….

 

2 – Biologia do HPV


Debora Rapaport
HPVs são vírus de DNA que induzem tumores epiteliais nos seus hospedeiros naturais, e cujo ciclo de vida produtivo está diretamente relacionado à diferenciação celular epitelial. Este capítulo foi baseado nas revisões de Howley e Lowy e Fehrmann e Laimins.

Leia mais….

 

3. Patogênese e a Importância do Homem como Transmissor


Charles Rosenblatt – Antonio Marmo Lucon – Eric Roger Wroclawski
Sabe-se que a transmissão do HPV seja preferencialmente sexual, porém os pesquisadores ainda não chegaram à conclusão de qual seria a chance de contágio a partir de um (a) parceiro (a) contaminado (a). Três formas clássicas o HPV pode se manifestar, porém somente transmitem na forma clínica com a presença de verrugas genitais ou condilomas presentes em qualquer localização nos genitais.

Leia mais….

 

4. Hstória Natural e Quadro Clínico do HPV nos Homens


Homero Gustavo de Campos Guidi
O condiloma acuminado (verrugas genitais) está associado ao HPV e o risco de adquirir a infecção aumenta com o aumento do número de parceiros sexuais , relações sexuais freqüentes e com parceiros infectados. A peniscopia, biópsia e metodologia em biologia molecular fazem parte dos recursos diagnósticos que dispomos hoje para avaliação.

Leia mais….

 

5. HPV nas Mulheres


Elsa Aida Gay de Pereyra – Cíntia Irene Parellada
A incidência de NIC (neoplasia intraepitelial cervical e NIV (neoplasia intraepitelial vulvar) e NIVA (neoplasia intraepitelial de vaginal) relacionada ao HPV está aumentando em todo o mundo. O exame dos parceiros é importante na presença de lesões clínicas. O aparecimento de lesões atuais pode representar a reativação de uma infecção latente de longa duração, não implicando necessariamente promiscuidade da paciente ou do parceiro.

Leia mais….

 

6. Métodos de Diagnóstico


Laura Sichero – Enrique Boccardo – Luisa Lina Villa
O diagnóstico morfológico das infecções por HPV é amplamente utilizado tanto em esfregaços celulares quanto em cortes de tecido. A presença de coilócitos indica uma infecção produtiva por estes vírus. Recentemente os métodos de detecção molecular dos papilomavírus estão em evidência e oferecem subsídios relevantes aos profissionais que tratam HPV

Leia mais….

 

7. Tratamento


Julio José Máximo de Carvalho
A finalidade do tratamento é fundamentalmente eliminar as lesões induzidas por HPV para prevenir a transmissão do vírus e estimular o sistema imunológico a eliminar o vírus através de tratamento tópico e mais recentemente com a introdução de vacinas para HPV

Leia mais….

 

8. Novas Terapêuticas


Cíntia Irene Parellada – Elsa Aida Gay de Pereyra
Novos agentes conhecidos como imunomoduladores podem auxiliar na terapêutica do HPV como estimuladores da resposta imune, reduzindo a carga viral e auxiliando no combate a recidivas.

Leia mais….

 

9. Tratamento com Laser


Suzana Cutin Shaimberg
O laser padrão para verrugas genitais é o Laser de CO2 que promove uma ablação tecidual resultando em pouco ou nenhum sangramento, além de selar os vasos linfáticos e as terminações nervosas, oferecendo uma analgesia pós operatória mais eficaz.

Leia mais….

 

10. HPV e Papiloma de Laringe


Melissa Ameloti Gomes Avelino – Paulo Augusto de Lima Pontes
A presença de lesões verrucosas , sésseis ou pediculosas é a característica principal da Papilomatose Laríngea Recorrente, causada pela infecção pelo HPV, sendo os HPV 6 e 11 os mais freqüentemente encontrados.

Leia mais….

 

11. HPV em Coloproctologia


Sérgio Eduardo Alonso Araujo – Guilherme Cotti – Angelita Habr-Gama
A neoplasia intra-anal(NIA) e o câncer de canal anal estão relacionados ao HPV, doença esta mais freqüentemente encontrada na faixa etária dos 15 a 30 anos de idade independente do sexo.

Leia mais….

 

12. HPV Bucal


Sergio Kignel
O HPV 16 é o mais frequentemente encontrado em lesões orais, porém o Papiloma escamoso, lesão papilar mais comum da mucosa bucal pode apresentar como agente etiológico o HPV 6 e 11.

Leia mais….

 

13. Câncer de Pênis


Antônio Carlos Lima Pompeo – Antonio Otero Gil
Condiçoes precárias de higiene associado a presença de fimose e prepúcio exuberante tem associação causal importante com o carcinoma de pênis, sendo o HPV 16 e 18 associados na gênese tumoral.

Leia mais….

 

14. Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Aids)


David S. Lewi
Estudos em nosso meio demonstram uma incidência significativa de associação de HPV em mulheres soropositivas ao HIV, sendo a maior prevalência os tipos de alto risco oncogênico como os HPV 16 e 18

Leia mais….

 

15. HPV e Gestação


Mariangela Maluf – Paulo Marcelo Perin
A importância da identificação de infecção genital pelo HPV em grávidas está relacionada à identificação direta de verrugas à inspeção genital, pois estas lesões podem proliferar e tornar-se friáveis e estão associadas ao risco do recém nascido em adquirir a Papilomatose respiratória recorrente juvenil, e à detecção de alterações citológicas do colo uterino.

Leia mais….

 

16. HPV e Métodos de Inseminação Artificial


Paulo Marcelo Perin – Mariangela Maluf
Os riscos potenciais da infecção pelo HPV nos genitais masculinos e femininos são a disseminação da doença, infertilidade pela ação direta nos gametas ou no desenvolvimento embrionário, abortamento e malformações fetais e transmissão para gerações subseqüentes.

Leia mais….

 

17. O Futuro – Vacinas


Renata Clementino Gontijo – Sophie Françoise Mauricette Derchain – Carlos Alberto Petta
Vacinas imunogênicas, com baixas doses de antígenos e capazes de induzir anticorpos neutralizados genótipo-específico foram desenvolvidas. Estas têm como alvo principal os tipos 16 e18 causadores da maioria dos carcinomas cervicais e ou 6 e 11 responsável pela maioria dos condilomas.

Leia mais….

 

18. Aspectos Psicológicos dos Pacientes com HPV


Georgia M. Aoki Iema – Marly Michelini
A principal causa da transmissão do HPV é a falta de utilização de preservativos, pois pela população de adultos e idosos este hábito de não utuilizar já se encontra cristalizado, o que não ocorre na população de adolescentes.

Leia mais….

 

19. Panorama do HPV no Brasil e no Mercosul


José Aristodemo Pinotti – Marcos Desidério Ricci
No Brasil são raros os dados sobre prevalência de HPV, porém o Instituto Adolfo Lutz registrou em São Paulo taxa de 16,4% de infecção HPV em mulheres assintomáticas utilizando metodologia de biologia molecular.

Leia mais….